sábado, 11 de setembro de 2010

Resenha na Praça

Saudações lontrais a todos,
Ontem como o de costume a lontra Caiio brotou aqui em casa,
falávamos sobre a vida e sobre o próximo rock, até que a noite caiu e surgiu a idéia de dar um rolê por ai, ele de skate e eu de patins (detalhe que não ando porra nenhuma), passou um tempo coligamos com a Ferds com o Lucas, botamos a Gabi pra ir no rolê também, tentamos levar o Rafinha e a Aline mas o Rafa tava mui ocupado e tinha que estudar (crianças sigam o exemplo dele!).
Chegamos lá e começou a seção de tombo, minha bunda e o cóccix do Lucas que o diga, quando acabou o cigarro fomos em um distribuidora para comprar mais, ai o caos começava a reinar e coisas estranhas começaram acontecer...
Assim quem cegamos lá o Lucas caiu de cu na quina (LITERALMENTE de cu na quina) foi o tombo mais e estranho e do nada que todos já viram, ele ficou lá no chão agonizando de dor, a Ferds foi cuidar dele enquanto o Caiio ia buscar minha carteira, passou uns dois minutos a Ferds vai atrás do Caiio pra ele trazer o tênis do Lucas (ele não conseguia mais ficar em pé com o patins) coisa de segundos ela volta (BRANCA), dizendo: Bruno você ouviu eu gritar seu nome!?
Lógico que não ouvi se não tinha ido atrás pra ver o que tinha acontecido, mas nem foi nada de mais, ela tava indo lá, dai um cara mostrou o PINTO pra ela... é mano, o pinto mesmo, vulgo bilau! Goiânia está cada dia mais esquisita, daqui a pouco agente vai espalhar césio na cara e jogar avião no shopping Flamboyant, o pior nem foi o bilau do cara! Quando a Ferds voltou e foi pegar o cigarro, ela entrou na distribuidora e um cara aponta uma 38 pra ela e manda ela entrar (coitada meu, pensa numa menina que tremeu depois), ela nem obedeceu o cara, saiu andando normal da distribuidora e falou pra gente, galera não levanta e nem fala nada, ai dentro ta tendo um assalto! a Gabi desesperou, mudou de lugar queria mexer na bolsa pra esconder o celular... mas agente conseguiu acalmar ela, logo os bandidos saíram de dentro e despediram da gente "-falou ai mulecada", foi ai que a Ferds travou, tremeu, gelou e quase desmaiou... o dono saiu de dentro da distribuidora mais suado do que pastor alemão na sauna, dizendo que ia pegar o carro e matar os caras.
Mas no fim correu tudo bem, voltamos pra casa do Caiio, discutimos sobre sexo, cama sutra e fizemos exercícios um tanto quanto bons com uma paradinha da tia dele, terminamos marcando o rock hoje as 17:00 aqui em casa.
Se pá, to colocando um vídeo ai da gente fazendo porra nenhuma na praça!
Por hoje é só lontras e agregados, amanhã rola de postar as insanidades de hoje anoite!
Abraço.
Discípulo lontra Brunooow.

video

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Fim de Semana do Caos

Saudações a todos aqueles perdidos que circularem por aqui, minha intenção ao inaugurar este blog, não é só de ocupar parte do meu grande tempo ocioso, a intenção é relatar as insanidades que ocorrem na vida das lontras!
Semana passada tivemos um dos feriados mais tensos vividos pelas lontras.
Fomos todas lontras e mais alguns agregados para uma chácara, mas não era uma simples chácara, até chegarmos lá não sabíamos o que exatamente aconteceria, já no primeiro dia brotou assim do nada um coelho insano, que causou alegria e pavor extremo na lontra biia, esta que por sua vez pediu pro "plimo" matar o coelho, e pra lontra Aline cuidar dele -"amiga", ouvi dizer que o coelho até sapatos usava, logo a noite um insano foi expulso do quarto por causar insanidades um tanto quanto homossexuais e soltar uma frase épica (cu anal).
Me perdoem se ao longo da postagem esquecer algo, por isso não irei me apegar muito a ordem cronologica dos fatos, pois não me lembro bem que dia aconteceu o que.
Uma das outras coisas insanas que aconteceram foi a aparição do próprio satã para nosso amigo lontra Caiio, Satã veio coligar conosco, porém foi um tanto quanto tímido e foi embora logo, não posso esquecer que nosso satã vestia um traje totalmente adequado para os 34º que estava fazendo em Goiânia, ele vestia um sobre tudo preto, com capuz e usava coturno. No mesmo dia que Satã coligou, colou lá também o macaco insano e rabudo do Rafa, este sim galera é real, eu mesmo conferi suas pegadas no mato! Mas creio que assim como Satã ele era tímido e não conseguimos localiza-lo, e olha que fizemos uma excursão noturna para encontra-lo, pois nossa comida tinha acabado e precisávamos de algo, mas uma das caçadas acabou sendo bem sucedidas, nossas lontras Kao, Dhiego e Caiio mataram três Satãs, usando somente um 38 cano longo, diga-se de passagem que era um cano longuíssimo.
Havia também um casal meio estranho lá, uma lontra chamada Dedey (que todos nós comemos) e a Beeel ,uma guria de cabelo roxo, estes dois se amassavam de forma frenética e violenta, toda hora e em todo canto, coisas estranhas aconteceram enquanto o casal habitava o quarto, na primeira noite eu a lontra Brunow dormi no chão do corredor ao lado da porta do quarto deles, e no auge de meu sono alcoólico olhei para baixo da porta sem querer, e vi os dois correndo em círculos dentro do quarto,sim pessoal, não era sexo... era cooper que ambos faziam, davam voltinhas no quarto e riam, sim normal extremo isso! o pior que aconteceu com nosso casal foi na noite seguinte, o silencio reinava na chácara, todas lontras e agregados estavam na janela do tal casal, quando de repente escutamos "-nenhum homem me faz gozar", ata né!
Em uma noite Kurt Cobain contou para nós que Polly fumava crack, então coliguei nas pedras e Aline metralhou as fotos, durante o dia marimbondos insistiam em me picar a todo momento (sabe como é o mel) mas o mel não era do bom, era mel de marimbondo broxa de Setembro, né não Rafinha? Rafa, se tu for pensar pra responder avisa heim!
Rolou varias frases que foram repetidas milhares de vezes ou poucas mas o suficiente para marcarem: Chura maga, Xuribibaaa, Minha cabeça esta levemente e outro planeta, Caos Reina, Heavy Metal, de Rocha, Do Bom, Do Puro, Do Fino, ela baixinha mas é toda forte.
Não posso me esquecer do Rafinha fritando no som, e tentando entrar na caixa, legou o rapaz coitado, Caiio também legou, matou metade dos neurônios que ele tinha ainda, passou dois dias só pensando como o rafinha, dizem também que Aline tentou ir para a quarta dimensão (dorga! eu perdi isso!), também explodimos um calango (ele já estava morto viu sociedade protetora dos animais) , procuramos a salsicha perdida na piscina, BOTAMOS FOGO NA ÁGUA (cadê seu Deus agora?) e arrumamos toda uma zona de guerra em 5 minutos por culpa de um alarme falso, em um surto totalmente psicótico eu e o Kao quebramos a casa inteira, explodimos milhares de bombas lá dentro por volta das 4 da madruga enquanto todos dormiam, pegamos o som colocamos dentro da casa e aumentamos o volume no máximo, Caiio, Rafinha, Lucas, Aline... todo mundo acordou e começou o quebra de novo.
É... creio que outras milhares de insanidades aconteceram, mas já é tarde e minha cabeça é fraca, qualquer coisa me lembrem que eu coloco a insanidade no próximo post!
Abraço pra todos, o caos reina!
Discípulo lontra Brunow.